FEEDJIT Live Traffic Map

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Músicos nos ministérios 2 - O retorno -

.....Nesses últimos dias tenho recebido alguns e-mail's de irmãos ,músicos e líderes de ministérios,e uma das coisas que mais conversamos foi :estamos verdadeiramente fazendo a obra ou estamos apenas trabalhando como um profissional qualquer? Alguns ministérios se manifestaram dizendo que seus músicos trabalham de carteira assinada,tem seguro de vida,plano de saúde e comissão em cada viajem, e ainda são patrocinados pelas empresas de instrumentos musicais, roupas e tudo que envolve música ou até não relacionados a música necessariamente,como um artista qualquer, que está na mídia, que até um certo ponto é muito justo e até legal.Outros pagam salário fixo na carteira,mais uma comissão por viajem e por aí vai.Esses ministérios são os mais TOP hoje no Brasil,a título de "ministério de adoração"( coisa que nem existe na bíblia) pois adoração é um estilo de vida, e não ministério ou profissão.Mas fico pensando como ficou tudo muito profissional e até aparentemente" justo" para os músicos não é verdade? Alguns músicos que conversei me falaram muitas coisas,alguns tentaram me calar,por que sonham com a vez deles em estar na mídia,nas plataformas,viajando de avião,dando autógrafos,enfim, usufruindo daquilo que o mundo oferece dentro da igreja nesses dias, e percebi também que, muitos deles lamentavelmente acabarão fazendo o que muitos fazem nesses dias de sequidão espiritual: fãs, e não discípulos como a palavra de Deus nos ordena a fazer.Se formos analisar,profissional por profissional, hoje é melhor o secular( falando profissionalmente) e não ministerialmente,pois o músico secular ganha 618,00 ( seiscentos e dezoito reais ) por apresentação e, num raio de 300 Km viajado ,ou seja,longe da sua casa ou cidade ( multiplica isso por 15 á 20 shows por mês), e se entrar numa banda ou tocar com um cantor TOP ( como alguns ministérios hoje do Brasil) ,chegam a ganhar por mês de 10 mil á 15 mil reais( por mês).Tenho alguns amigos de Brasília que tocam com alguns artistas e bandas seculares, e o salário de alguns deles chega á 12 mil reais por mês , e nas viagens "ministeriais o músico viaja milhares de KM por mês, e o salário é na média de 2 mil reais.Você deve estar falando o que esse cara tem a ver com isso?Agora nada,pois não estou em nenhum ministério (por enquanto),e quero mostra por alto como o "mundo" valoriza seus músicos e os ministérios não,mas também por que todos os líderes usam o argumento de estar fazendo a obra de Deus como um ministério ,mas muitos não estão ,e eles sabem disso ( ou fazem vista grossa),estão sim,como qualquer outra banda do secular,fazendo shows ,cobrando caches e a única diferença é que o cantor fica rico ( ministro) usando de pretexto de estar fazendo a obra e não pagando um salário justo para quem está com eles vestindo a camisa.Se estamos
verdadeiramente fazendo a obra, devemos parar de cobrar caches disfarçados de ofertas, e ai sim seremos um ministério,ou pelo menos um pouco mais próximo disso.Não precisaremos de assinar carteira ,ter salário, e viveremos pela fé como a palavra nos ensina ,pois sem fé é impossível agradar à Deus.Como queremos mostrar para o mundo o nosso Deus usando os mesmos métodos que eles usam?Fazendo as mesmas coisas que eles fazem?E o que Deus nos Ensinou em Sua palavra, não vale? Fé, dependência,confiança ,milagre ,justiça, entre outros princípios, onde ficou tudo isso?Deus mandou seu filho ao mundo apenas para nos ensinar a abrir uma empresa e administrá-la? Ele já nos deu o SENAC,SENAI, entre outros órgãos governamentais para isso.Será que o que estamos fazendo é simplesmente falar ao mundo: Olha, Jesus veio aqui na terra e fez tudo aquilo sim, é verdade,mas hoje não posso seguir os ensinamentos de Jesus na íntegra, por que é difícil demais,tenho muitos funcionários e famílias dependem de mim ,mas posso seguir o ensinamento de vocês ?Por que assim,vou poder fazer a obra de Deus.Eu fico imaginando Moisés falando para DEus: OK Senhor...vou tirar seu povo do Egito sim,mas antes ,mande alguns engenheiros para organizarmos um multirão e fazermos uma ponte por cima do mar ...aí sim eu terei mais certeza que poderei cumprir minha missão...e Abraão?e José?e Davi?e nós irmãos?Mas se somos músicos de ministérios, com líderes mais profissionais do que MINISTROS DE DEUS,tendo um salário de 100 mil reais por mês e pagando apenas 1 mil real à 2 mil reais e alguns benefícios ( isso os TOP ) aos seus músicos,é uma incoerência isso tudo para mim e para a igreja do Senhor Jesus.Hoje, os "ministros " estão estragando uma geração de músicos no Brasil,pois eles ( os músicos) são convidados para serem ministros de Deus com seus instrumentos em seus ministérios,mas quando se deparam com a realidade são "estragados",decepcionados por verem tamanha incoerência dos seus líderes, que pregam uma coisa e vivem outra totalmente diferente da " adoração", ou de um ministério bíblico (Mateus 10:05-15)...só se for adoração ao dinheiro....Poderia nesse momento dar uns 10 nomes de pessoas que hoje estão vivendo isso,mas não tem coragem de falar ,pois gostam de viajar e tocar,ou até por que não tem uma profissão e dizem: se eu sair o bicho pega ,mas se eu ficar o bicho come,então vou orar....mas na verdade tá é acomodado com sua vidinha ou aproveitando isso tudo( que não deixa de ser um aprendizado) e lá na frente ser mais um "EX" de alguém e montar seu próprio ministério e estragar mais uma geração.Zumbi gerando zumbi.Temos que acabar com essa estratégia que satanás usa dentro da igreja.Satanás sabe tudo de música ,por isso ele usa essas estratégias mundanas dentro da igreja e acaba conseguindo nos tirar do propósito de Deus.O diabo é bobo,mas não bába.Está na nossa frente,na cara,mas fazemos vista grossa porque acaba sendo uma maneira prazerosa de falarmos que estamos fazendo a obra de Deus, e nos beneficiando de alguma maneira,mas de uma maneira errada e diabólica.Rick Joyner escreveu algo que martela sempre minha mente " UM MOVER VERDADEIRO DE DEUS, NÃO TEM COMO COMBUSTÍVEL O DINHEIRO,A ORGANIZAÇÃO OU A PROPAGANDA.O AVIVAMENTO AUTÊNTICO SÓ VEM QUANDO A COLUNA DE FOGO QUE É A PRESÊNÇA DO PRÓPRIO DEUS LEVANTA-SE E SE MOVE.TENTAR PROMOVER,ORGANIZAR OU VENDER UM MOVER DE DEUS É PROFANAÇÃO NA SUA FORMA MAIS BAIXA" (Rick Joyner/ Mundo em chamas).Nós músicos também somos culpados por isso ,principalmente os que estão dentro ,mortos e desacreditados de tudo,e alguns até indo para o inferno tocando seus instrumentos.Não saí de nenhum ministério por causa de dinheiro queridos,mas sim para continuar acreditando no que Deus tem para minha vida e para um dia conseguir cumprir minha missão aqui nessa terra,como diz a Sua palavra...sou cidadão do céu,forasteiro ,por isso tento agir como tal,mesmo sendo tão falho e pecador como sou.Em todo ministério que toquei ,sempre fui sabendo que Deus me supriria em tudo ,como sempre supriu.Não preciso tabelar meu talento,meu tempo.Sempre entendi que Deus é o mais importante...e eles ( líderes) sabem que sempre fui assim.toquei com eles não pelo salário ou oferta,mas sim pelo simples fato de amar servir ao Senhor com meu talento e minha vida.Hoje as pessoas me perguntam se cobro para gravar,pregar ou dar aulas...nunca cobrei e nem vou cobrar.Tenho 20 anos de música e 10 anos "profissionalmente "com vários ministérios", e nunca cobrei uma aula ou gravação de CD.Já adquiri tudo na vida,casa,carros,bens de consumo,viajei e conheci muitos lugares do Brasil e alguns países sem ter um curso superior nem um emprego público bem remunerado.Continuo vivendo pela fé, e sei que terei muito no Senhor, aqui nessa terra ( se assim Ele permitir) e principalmente no céu,mas de uma maneira diferente do que vejo hoje.Que nós possamos ser honesto com o Senhor e principalmente com a noiva Dele....Sou um ministério? Eu realmente vivo como um ministério? Ou sou, e vivo como uma empresa?
Que Deus tenha misericórdia de nossas vidas, e que possamos dar um basta nessa hipocrisia para que Deus venha como Ele tanto quer vim em nossas igrejas e reuniões,e aí ssim,evangelizaremos o mundo com um Jesus verdadeiro e não apenas com um jesus banqueiro.....Deus abençoe nossas vidas.
Rominho