FEEDJIT Live Traffic Map

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Igrejas franquias

Gostaria de deixar aqui registrado uma coisa curiosa que tenho percebido nesses dias.Tenho visto como ficou muito fácil abrir e dirigir uma igreja nesses dias,e num tempo que o mundo ,a criação almejam tanto a manifestação dos filhos de Deus.Podemos abrir uma igreja com uma facilidade tão grande que basta termos uma sala vazia ,como se fosse um bom negócio para quem não tem uma "profissão" ou nenhum talento para ganhar dinheiro numa profissão "secular" e assim poder sustentar sua família.Temos visto que algumas denominações cresceram, e se desenvolveram no meio evangélico abrindo congregações em todos os bairros,coisa que seria uma bênção ,se o Senhor Jesus fosse o alvo dos cultos.Mas não é isso que temos visto em algumas delas,pois agem como empresas ou "igrejas franquias".As igrejas franquias são aquelas que não perdem o "padrão de qualidade" como se fosse um Mac Donald.Você terá apoio da mesma ,se
cumprir com todos os padrões que eles exigem para que não descaracterize da "igreja mãe" (matriz),denominação,ou sei lá o nome que eles usam.Dias de culto,dias específicos para determinadas campanhas,e até como arrancar o dinheiro( dos adeptos) nos dízimos e nas ofertas.Sei que o propósito disso tudo acaba sendo por crescimento financeiro e quantitativo ,pois ,onde tem "gente" tem dinheiro, e onde tem dinheiro temos "pastores empresários"felizes e bem sucedidos.Aí entra aquele versículo : O bom pastor dá a vida pelas suas ovelhas,mas hoje esse versículo foi deturpado e ficou assim:a boa ovelha dá a vida pelo seu pastor,coisa muito triste .Temos visto também que o evangelho que eles tem pregado, é um evangelho bem diferente do Evangelho de Jesus ,que seus discípulos pregaram.Um ponto bem forte dessa pregação é sobre a prosperidade financeira,profetizam que todos terão empregos bem remunerados,que todos serão médicos,advogados bem sucedidos,que terão muito dinheiro e que nunca ficarão doentes ,entre outras coisas.Você pode achar que sou contra tudo isso,mas não sou,desde que seja recebido como Jesus nos ensinou e não como temos visto em nossas igrejas e meios de comunicação.Acredito que o ponto principal da pregação da palavra em nenhum momento tem que ser esse que temos visto e ouvido.Por isso que as igrejas "evangélicas " estão lotadas...todos querem uma religião que possa oferecer riquezas,saúde,casamento e até CD e DVD fácil,uma vida artística bem fácil (se souber cantar e tocar)mesmo com pouco talento.Fico me perguntando as vezes:onde está o evangelho que Jesus nos ensinou?quem pode pregar sobre o que Jesus pregou?quem tem coragem nesses dias de falar que para ter Jesus e ganhar sua vida ,terá que perdê-la?que para achar a sua própria vida ,terá que negar-se a si mesmo e carregar sua cruz?Temos visto igrejas cheias,mas saibam que igrejas cheias impressionam apenas homens e não Deus.Muita das vezes,é sinônimo de igreja doente ,com pessoas que não passam de ovelhas gordas com o colesterol alto,pressão alta,que assistem os cultos apenas para receber as bençãos,as promessas e enchem os gasolfiláceos de dinheiro para que sempre tenham uma palavra bem gostosa ,para saírem de lá mais uma vez cheias de um alimento fast food,basta ser fiel nos pagamentos dos dízimos e ofertas.E isso é muito bom para quem dirige a igreja (empresa),pois vemos que as ovelhas ficam com o pêlo bem formoso,grande,bonito,e assim no tempo certo ,o dono do pasto (pastor)vai poder arrancar seus pêlos(das ovelhas) para assim, fazer um bonito casaco de pele para eles,sua família,e para a alta cúpula desfilarem como quem "come o melhor dessa terra".E muitos dessas ovelhas só sabem ser crentes dentro das igrejas nos dias de culto e não onde andam ,onde moram,onde trabalham ou estudam,sabem por que?por que eles foram ensinados que para ser crente basta ir a igrejas aos domingos e dar suas ofertas,não fumar,não beber,não roubar,não adulterar,que tá tudo bem.Vemos um evangelho razo demais que se tornou mais uma religião como outra qualquer,ficou muito fácil ser crente nesses dias e até muito na moda...sou gospel.....Fico imaginando se Jesus não tivesse falado que estaria onde 2 ou 3 estivessem reunidos em Seu nome....será que realmente Ele participaria das nossas reuniões?duvido muito...mas Ele não é homem para que minta e nem filho do homem para se arrepender,por isso ,Ele sempre estará onde estivermos reunidos em Seu nome,mesmo que seja em presença,e não em manifestação.Igrejas franquias...muito triste ver como tentam negociar as coisas que de graça recebemos ,apenas para enriquecer pessoas que realmente não conhecem o Senhor Jesus...que Deus tenha misericordia das nossas vidas,a começar da minha..
Rominho