FEEDJIT Live Traffic Map

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Quando somos chamados para ser um sacrifício

Nesses últimos anos tenho parado mais para ler,e tentar entender tudo que está acontecendo na minha vida.Der repente vieram várias situações que comecei a desesperar,sem entender,e assim ,querendo sumir,desistir,pular as etapas que começaram a vir sobre meu caminho.Tenho tentado de uma forma ou de outra vencê-las.Deus tem permitido passar por elas ,com perseguições,calunias,solidão,entre outras coisas.Tenho lido bastante coisa,e lendo um livro de um pastor amigo meu "das antigas",Deus me levou a entender alguma coisa sobre esse momento tão terrível e solitário que estou passando......quero compartilhar com vocês.
É muito interessante podermos falar sobre esse assunto fazendo uma comparação entre o sacrifício de antigamente no velho testamento e o sacrifício vivo que o Senhor quer de nós nos dias de hoje .Não que seja uma regra absoluta ,mas sim podemos observar a importância de caminharmos por essas etapas para podermos crescer numa profundidade maior de adoração,santidade e intimidade com Deus.Podemos observar em (Levíticos 01:4-13) como no velho testamento era feito o sacrifício perante o altar e assim fazermos um paralelo nos dias de hoje com nossas vidas.
* O sacrifício é consagrado- o sacrifício precisa ser consagrado,e a pessoa a ser consagrada deve fazer isso voluntariamente.Devemos nos entregar voluntariamente ,e isso envolve decisão,e deve ser expontanea.Ver uma ovelha ser abatida é algo muito interessante.Ela até se deita quando percebe que será degolada e não esboça nenhuma resistência,ao contrário do porco que grita e esperneia.Nossa adoração tem que ser voluntária,e não uma obrigação ou opressão.
*O sacrifício é degolado- Depois de sangrar,o animal era degolado e a cabeça separada do resto do corpo.Quando vemos essa situação ,sabemos que nosso sacrifício referente a essa situação,estabelece um princípio que o senso de direção própria do homem é tirada.A Bíblia nos fala que o homem anda segundo a vaidade dos seus próprios pensamentos assim desviando sempre dos caminhos do Senhor.
*O sacrifício é esfolado- nesse momento o pelo do animal é retirado,como se fosse um cachorro aparentemente enorme,por causa do seu volume de pelo ser raspado restando apenas o físico magro e esquisito,pois o pelo lhe dá uma aparência bonita.Quando Deus faz isso conosco é permitindo que seja retirado tudo aquilo que é aparência em nossas vidas,as coisas que nos impedem de sermos verdadeiros e autênticos diante dEle,das pessoas e de nós mesmos,sem querermos esconder mais nada de ninguém.
*O sacrifício é esquartejado- O sacrifício tinha que ser esquartejado,nos ensinando assim que,nossa individualidade tem que ser retirada,nossa mesquinharia,NOSSOS PRÓPRIOS INTERESSES É SEMEADO PELA SOCIEDADE.
*O sacrifício é queimado- Quando isso acontece podemos ver que o sacrifício foi entregue totalmente.É quando perdemos o controle de nossas vidas e permitimos que a vida de Deus consuma nossa vida.É em meio ao fogo que aprendemos a ser um sacrifício a Deus.
* O sacrifício vira fumaça- (aroma suave ao Senhor)- Depois do homem ser consagrado,degolado,esfolado,esquartejado e colocado no altar totalmente queimado,ele vira pó.È somente quando viramos cinza e fumaça que nos tornamos agradáveis a Deus.Tem muita gente querendo ser um sacrifício vivo perante Deus apenas cantando e pulando,mas ´sacrifício é muito mais que isso.Se pularmos as etapas desse processo,nunca poderemos ser um sacrifício perante Deus.
Resolvi tocar nesse assunto por que estou pedindo a Deus para me esfolar,para ter minha vida exposta e não ter nada escondido,para assim poder um dia ser esse sacrifício a ELE.
Que Deus tenha misericordia de nossas vidas...a começar da minha.....
Rominho